Comunicado de imprensa
Bruxelas, 15 de Setembro de 2021

O Concours Mondial de Bruxelles posicionou-se internacionalmente como um concurso enológico de referência. A sua independência, o seu rigor e o processo de degustação posto em prática tranquilizam os consumidores que podem comprar vinhos medalhados com toda a confiança. Os vinhos premiados são selecionados por profissionais com base na sua qualidade, expressão e equilíbrio.

Um concurso adaptado a cada tipo de vinho

O Concours Mondial de Bruxelles vai ser, a partir de 2022, organizado em 4 sessões separadas para avaliar cada tipo de vinho de uma forma profissional. As avaliações são confiadas a peritos especializados e selecionados pelos seus conhecimentos e capacidade de provar todos os tipos de vinhos de acordo com as suas particularidades.

As diferentes sessões têm lugar em momentos diferentes, dependendo da produção e comercialização de cada tipo de vinho.

As 4 sessões de degustação do Concurso Mundial de Bruxelas realizam-se anualmente em diferentes regiões de produção e/ou consumo.

  • Sessão Vinho Rosé: aberta, sem discriminação, a todos os vinhos rosé tranquilos, espumantes e semi-espumantes, bem como aos vinhos licorosos rosé. A realização deste evento em Março visa a responder às necessidades do mercado e ao interesse crescente dos consumidores pelos vinhos rosé. Os produtores premiados têm assim à sua disposição ferramentas promocionais e de marketing mal entram no circuito comercial.
  • Sessão Vinho Tinto e Branco: aberta, sem discriminação, a todos os vinhos brancos (incluindo os vinhos de curtimenta) e a todos os vinhos tintos secos e semi-secos de qualquer origem e de qualquer casta de uva. Esta sessão – a maior do Concours Mondial de Bruxelles, em termos de número de amostras – realiza-se todos os anos em Maio.
  • Sessão de vinhos espumantes: aberta, sem discriminação, a todos os vinhos espumantes e semi-espumantes das 3 cores, quer secos, semi-secos ou doces. Organizada em Junho, esta sessão irá destacar a diversidade dos vinhos espumantes em termos de origem, expressão e tipicidade.
  • Sessão de vinhos doces e fortificados: aberta sem discriminação, a todos os vinhos doces (semi-doces, doces e licorosos), bem como aos vinhos licorosos e fortificados, independentemente da sua dosagem e cor. Um júri de peritos especializados e autorizados a avaliar estes vinhos reunir-se-á todos os anos em Outubro.

As datas e locais de cada sessão do Concours Mondial de Bruxelles serão oficialmente anunciados a fim de destacar as regiões vinícolas mais dinâmicas e mais sensíveis à promoção de vinhos de qualidade.

O País anfitrião da Sessão do Vinho Tinto e Branco será anunciado na quinta-feira, dia 16 de Setembro, pelas 12h.

Sobre o concurso:
O Concours Mondial de Bruxelles é um concurso internacional no qual mais de 10.000 vinhos (incluindo a sesssão antecipada do CMB dos Rosé) apresentados por produtores para serem provados e avaliados por um painel de especialistas. Os nossos provadores experientes provam os vinhos em competição. A sua única palavra de ordem: distinguir vinhos cuja qualidade é irrepreensível, sem prejuízo relacionado com o rótulo ou o prestígio da denominação. O Concurso está entre os eventos internacionais mais importantes do seu género.

Contato de imprensa :

Charles Piron
Charles.piron@vinopres.com
Tel : +32 (0) 2 533 27 65